Login:
Senha:

:: Notícias

23/03/2016

Questionário sobre TI nas prefeituras tem prazo até dia 28

Termina na próxima segunda-feira (28) o prazo para que as 399 prefeituras do Paraná respondam ao questionário elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) com o objetivo de avaliar a governança na área de Tecnologia da Informação.

Termina na próxima segunda-feira (28) o prazo para que as 399 prefeituras do Paraná respondam ao questionário elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) com o objetivo de avaliar a governança na área de Tecnologia da Informação. O documento foi enviado e deve ser respondido, por e-mail, pelos entes municipais. br/>
O propósito do órgão de controle é fazer um diagnóstico que permitirá a formulação de ações de melhoria no planejamento em TI nas prefeituras. A participação de todos os municípios é fundamental, considera André Luiz Fernandes, diretor de Informações Estratégicas do TCE, unidade responsável pelo estudo. "As informações repassadas pelas prefeituras não serão divulgadas individualmente, apenas de forma consolidada", explica. br/>
A adoção da governança em TI assegura ao ente público a correta aplicação de recursos, promove a proteção de informações críticas e contribui para que as organizações atinjam seus objetivos institucionais, oferecendo melhores serviços ao cidadão. Trata-se de um tema cada vez mais relevante, à medida que a adoção de ferramentas eletrônicas aumenta no setor público. br/>
A necessidade de averiguar a governança em TI entre os municípios surgiu a partir de uma fiscalização do TCE realizada em 2015 sobre as terceirizações no setor. O trabalho envolveu, também, as áreas jurídica e contábil. Uma das constatações é que os serviços de tecnologia da informação nos municípios devem passar por aperfeiçoamento no tocante à gestão. O estudo apontou ausência de planejamento estratégico institucional, deficiências na estrutura de pessoal e no tratamento adequado das informações inerentes à confidencialidade, integridade e disponibilidade. br/>
"Mesmo sendo passível de terceirização, a área de tecnologia da informação não pode ser delegada pela administração de maneira absoluta", alerta o diretor do TCE. "Há que se preservar os conhecimentos estratégicos da instituição, bem como exercer controle sobre os dados geridos pelo particular para execução dos serviços". br/>
Outra obrigação do poder público é planejar a maneira como os serviços de TI serão executados por terceiros, para que a administração não fique dependente de particulares. br/>
Informações adicionais sobre a pesquisa do TCE entre as prefeituras poderão ser obtidas pelo e-mail die@tce.pr.gov.br br/>

Autor: Diretoria de Comunicação Social

Fonte: TCE/PR